20120525

Aguia-de-asas-redonda (Buteo buteo)

ESPÉCIE: 000.086
CAIXA TAXONÔMICA
02: - Accipitriformes:
02.1: - Accipitrídeos:
02.1.08: - Buteo:
02.1.08.09: - Águia-de-asas-redonda (Buteo buteo)
Linnaeus, 1758
ESTADO DE CONSERVAÇÃO:  LC - Pouco Preocupante.

            A Águia-de-asas-redonda (Buteo buteo) conhecido pelos nomes comuns de Águia-de-asa-redonda, Minhoto ou Bútio (nos Açores a ssp. rotschilidi; é conhecida por Milhafre ou Queimado), é uma ave de rapina originária do Velho Mundo, da Família Accipitridae.



Descrição:
               Tem tipicamente entre 51 e 57 centímetros de comprimento e 110 a 130 centímetros de envergadura de asas. A sua plumagem é de cor diversificada, de indivíduo para indivíduo e conforme a estação do ano. Os adultos passam uma fase em que apresentam a parte inferior do corpo e asas mais clara, podendo ser quase branca. É notável uma característica banda transversal branca no peito e manchas escuras nas juntas carpais. A cauda apresenta quase sempre listras transversais. Cabeça pequena e cauda curta.

Habitat e distribuição:
          Habita a floresta e caça habitualmente em campo aberto, preferindo áreas arborizadas com clareiras e zonas pantanosas ou de charneca.

           Habita a maioria da Europa e parte da Ásia, sendo a mais comum das grandes rapaces nas sua área de distribuição. É uma ave residente exceptuando nas partes mais frias da sua área de distribuição, tal como na Escandinávia.



Comportamento:
             Normalmente não formam bandos, mas podem ser observados vários indivíduos juntos aquando de migrações ou em habitats ópticos.

        Voa com batimentos lentos e em círculos planados. Executa com frequência curtos voos picados, aparentemente para treino.

             Alimenta-se de pequenos mamíferos e carcaças de animais.

             A sua vocalização é um pii-uu longo, como um miado.


Reprodução:
           Fazem um ninho volumoso de ramos e gravetos numa árvore, num rochedo ou numa saliência rochosa. Põe 3 a 4 ovos brancos. A incubação demora cerca de 42 dias, sendo feita principalmente pela fêmea. As crias, realizam o primeiro voo ao fim de 40 a 45 dias. 

FOTOS DA ESPÉCIE:




VÍDEOS DA ESPÉCIE:

video

video

video

ORNITOLOGIA
Jisohde G. Posser
120525

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado;
Volte sempre para dar uma expiadinha...